Vinho e a Saúde do Coração

Você já deve ter ouvido que o consumo de vinho faz bem ao coração e de fato é verdade.

O vinho, por conta da casca da uva, são encontradas substâncias como resveratrol e polifenóis, antiinflamatórios naturais que atuam na redução de placas de gordura na parede dos vasos. Essas placas podem provocar estreitamento das artérias, o que pode causar infarto.

O consumo do vinho também aumenta a produção do HDL, o colesterol bom que impede o acúmulo do colesterol ruim nas artérias.

Ainda sobre o resveratrol, existem estudos que relacionam sua atuação contra o acidente vascular cerebral (AVC) e na redução da toxidade do glutamato, neurotransmissor ligado ao Alzheimer.

Mas, é preciso ressaltar, que esses benefícios estão ligados ao consumo moderado da bebida!

A ingestão de 10 a 30 gramas de álcool (cerca de até três taças de vinho, até duas latas e meia de cerveja ou até duas doses de destilados), para homens e metade desta dose para mulheres, foi comparada aos abstêmios. O risco de morte dos consumidores moderados foi 42% menor em decorrência de problemas cardiovasculares e 14% menor devido a qualquer outra causa. Esse estudo faz parte do Health Professionals Follow-up Study que mostrou que o consumo moderado de álcool a longo prazo entre homens não só os protege de um ataque cardíaco, mas também aumenta a sobrevida daqueles que sobreviveram a um. 

Então, beber vinho de forma equilibrada está liberado, porque além de fazer bem pro coração, ele faz bem pra alma!

_

📌Dra. Luciana Bamonte – Grancor Cardiologia

📌Médica Cardiologista

📌CRM/SP 115653

🖥www.grancorcardiologia.com

📱(11) 4702-6652

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: